Tags

Tag: minha história em 10 músicas

22:03


Vi esta Tag no Blog Larissa na Estrada e como sou uma eterna amante da música (como viver sem elas?! Ainda não descobri), não me contive e vim faze-lá.  Quem criou a Tag foi a Bruna do Blog "Depois dos Quinze", após assistir um filme que a fez pensar como as músicas  influenciam e define a nossa história, e como em. Como concordo totalmente com a Bruh, vou responder, mas confesso que demorei dias tentando escolher só 10 músicas (O tarefa difícil, 10 música é muito poucooo).

UMA MÚSICA QUE LEMBRA UM MOMENTO BOM

         
Classicãoo das festas. Onde têm festa, têm Wake Me Up. E não poderia ser diferente, já que raramente uma festa será ruim. Noite de Reveillon, pulando na praia, sete ondinhas, primeiro pequeno porre. Andando embaixo de chuva, pessoas lindas e pura alegria. Esta música só me lembra momentos bons, liberdade.

UMA MÚSICA QUE DEFINA SUA VIDA


Esta é uma música que escuto  e me faz ter coragem de nunca parar e sempre correr atrás dos meus objetivos.  Criar coragem para voar mais longe, enxergar uma luz onde ninguém pode ver, crescer e sempre superar, mas nunca esquecer das minhas raízes e quem sempre esteve ao meu lado. E é desta forma que defino minha vida, sempre escapando e fugindo do que  não agrega valor a ela, mas não fugindo por medo e sim pela esperança de conseguir chegar aonde quero.

UMA MÚSICA QUE TE FAZ DANÇAR NA BALADA


Caraaaa são tantas, tendo  aquela batidinha, já estou fazendo ALOKA na balada.  Mas  confesso que ao escutar o toque de Timber do Pitbull feat Kesha, já estou rebolando e dançando como se fosse a ultima dança. Fora que me lembra o verão, praia e Reveillon, como amo esta data, sinônimo de festa.

UMA MÚSICA QUE  FOI TEMA DE UM RELACIONAMENTO

         
Pense numa pessoa que não consegue se relacionar  por mais de uma semana com alguém ( namoro). Pois é, esta sou eu. Por mais que não se relacione, muitas vezes ainda temos aquela canção que lembramos do dito cujo. E ao escuta-lá viajamos para outra dimensão, com direito a historinha e tudo mais. O chato é que ao acabar tudo entre nós, a música também lembra a pessoa, e as vezes fica bem chatinho. Acabei aprendendo que não relacione a sua música preferida com nenhum boy eheheh.

UMA MÚSICA QUE SEMPRE TE FEZ CHORAR


Não chego a cair nas lágrimas quando a escuto, mas vem uma sensação tão triste, com uma vontade desesperada de choro que prefiro evitar escutá-la. Antes era pelo prórpio Chorão e Champgnon que morreram e deixaram muitos sonhos para trás. Hoje penso no meu primo que sofreu um acidente com apenas 18 aninhos.  E é isto, aquela sensação de quero encontrar a pessoa, mas não consigo por mais que eu tente.

UMA MÚSICA QUE SERIA TOQUE DO SEU CELULAR


Clarooo que não poderia faltar BDIVA  na minha vida. Já coloquei  Drunk in Love e DIva  como toque do meu cel, mas no momento ficaria com Partition. Que músicaaaa. Também pensei muito em colocar uma do meu DIvo Justin Timberlake, a Not Bad a Thing.

UMA MÚSICA QUE GOSTARIA DE TATUAR


Este  foi o tema  mais difícil de escolher. Pensei em vários trechos de canções, mas sem dúvida algum trecho do Chorão estaria na minha pele. O cara não só cantava e encantava, mas sim passava ensinamentos em tuas letras.  CHarlie Brown Jr está há anos na trilha sonora da minha vida, por isto escolhida.

UMA MÚSICA QUE TE DEIXA COM VONTADE DE FICAR COM ALGUÉM


É só escutar está música quem vêm aquela sensação de liberdade e  a vontade de estar com um "bad boy"fugindo  daquela balada louca. Sabe aquelas histórias bem clichê q no fim de tudo vão acordar de manhã com um por do sol lindoo e  quente, enquanto de levantam do chão numa casa velha e abandonada. Pois é, esta é a sensação que sinto ao escuta-lá.

UMA MÚSICA QUE VOCÊ TÁ VICIADA AGORA


Não tenho uma música e sim duas, mas como coloquei no "Uma música que te deixa com vontade de ficar com alguém", vou deixar Rude da Banda Magic. Caraaa, não sei qual das duas eu escuto mais em apenas um único dia, só escuta-lás que estou por ai saltitando como uma loka dentro de casa.

UMA MÚSICA QUE FAZ AS PESSOAS LEMBRAREM DE VOCÊ



Genteemmm, pense como foi difícil de escolher a música para este tema. Cada pessoa se lembra da minha pessoa com uma música diferente hahaha. A única coisa em comum foi o fato das músicas serem dançante ou simplesmente alegres. Pensei, pensei e cheguei na conclusão da Diva Valeska, já que brinco falando que sou uma DIVA e mando beijinho por ai. Detalhe: não sou funkeira, mas adoro causar hahaha. Tenho até fotinha mandando pro recalki ehehe


Aleluiaaaa, consegui acabar. Como foi difícil, porém muito divertido de se fazer. E você, que tal deixar sua Play list para eu saborear as músicas da tua vida?


K.L

Tenho em Mim todos os sonhos do Mundo"

11:16


 "Tenho em mim todos os sonhos do mundo" e um muita coragem para nunca desistir.  Apenas uma vida para  sonhar, planejar e arriscar. Apensa uma vida para viver e ser feliz. Não é uma vida para ver o tempo passar ou apenas sobreviver, é uma para saborear, dançar,gritar, chorar, namorar....
Não quero ser mais uma pessoa no mundo, nem apenas aquela menina, quero ser aquela sonhadora, lunática, louca ou o que for na visão dos outros. Quero Ser apenas eu, com a intensidade e coragem que Deus me deu, de olhar pra frente e dizer "Ainda chegarei lá e muito irei brilhar".
Não estou falando de ser uma popstar ou diva de cinema, e sim de sentir que eu consegui e assim ficar radiante ao ponto de explodir , tanto quanto a luz do sol que invade de forma preguiçosa e gostosa no fim de tarde de verão.

Podia seguir o conselho de muitas pessoas para seguir o caminho mais tradicional, "correto" e quem sabe promissor. Mas será que assim seria feliz? Acho que não, pois está não seria minha escolha e sim a escolha de outra pessoa. A cada momento que não fosse meus passos, seria os passos de alguém e a cada passo do outro, um sonho seria apagado. Num momento qualquer perceberia que não existiria mais sonhos, assim estaria fadada a ser mais uma serva da sociedade, apertador de botão sem coração. Pois sonhar é o que nos motiva a viver.
 A cada passo dado por mim, será uma longa estrada caminhada. A cada pedregulho que apertar o meu sapato,posso retirar e retornar a andar. Queda? Se caiu: levanta, se machuca: sara. O importante é não parar de sonhar, enquanto o coração tende a esquentar e  a alma implorar por mais um sonho a se conquistar.




Livro

Procura-se Um Marido

10:46

     Genteeem, pense num livro que vi a capa e me apaixoneiii. Nem li a sinopse e muito menos a resenha, só vi e disse "Este será minha próxima leitura".  Procura-se um Marido é o segundo livro da Carina Rissi- nossa autora brasileira a la "Mag Cabort". Já falei de outro livro dela aqui, que simplesmente amei até a ultima página-Refrescar a memória: Perdida, lembra?


    Vamos para o que interessa, a história. Alicia é o tipo de protagonista que amo, nada de ser chorosa, mocinha e bobinha. Na verdade ela é aquela garota que gosta de viver, adora festa e não tem limite para ser feliz, mas isto muda um pouquinho de figura quando seu avô morre, este que a sempre defendeu. Como se não bastasse a grande perda, Alice descobre que para herdar a herança e  ter sua vida normal teria que se casar e permanecer por pelo menos um ano, detalhe: ela nunca quis se casar. E agora?
Como ela não quis se render ao testamento, preferiu trabalhar na empresa do seu avô, e não pense que é na gerência ou algo do tipo, e sim no cargo de assistente de secretária. Relutou consigo mesma para não aceitar a vaga, porém não viu outra saída, até que tem a ideia de colocar um anuncio no jornal:

“Procura-se um marido para curta temporada. Homem entre 21 e 35 anos, que tenha imóvel próprio e emprego estável, disponível para matrimônio. Boa aparência não é exigida. Apresentação de antecedentes criminais obrigatória. Casamento de aparência. Sexo está excluído do acordo. Paga-se bem no término do contrato. […] 

 Mas é na empresa que ela conhece o lindo, selvagem e incógnita Max, tipico cara que conquista só pelo olhar. Alice já sentiu aquela sensação de  "estou ferrada, mas eu  o quero", se apaixonar tem dessas coisas.  No começo não se dão bem, ele a irrita, mas uma ótima opção para livra-lá dos problemas.
 Agora em diante você já imagina o final dos dois,  mas  garanto que super compensa ir vendo parte por parte da historinha e acredite, as vezes achei o Max até bem cavalheiro e muita história rolou -hot, love... Não pense que a história tem só eles dois, contamos com a amiga de Alicia, muito engraçada e com gênio totalmente diferente do dela, aquela tipica Best friend para todas as horas.Temos um advogado que era "amigo" do seu avô, o Sr. Clóvis que fica responsável pela herança até Alicia cumprir o acordo. Além dos funcionários da empresa....algumas pessoas até bem chatinha.
      " Mas Kell, por que ler um livro que já sei o final?"
 Não, você não sabe o final. O máximo que sabe é aquele clichê de sempre, o casal ficando junto,e só. Agora se ela vai receber a herança ou vai crescer  de cargo na empresa, se aprenderá a ser mais responsável,  se o testamento pode ser contestado... ou até uma outra surpresinha... só lendo.

Te garanto que o livro  Procura-se um Marido é bem bacana e muito gostoso de ler. Carina Rissi com certeza sabe como escrever e deixar o leitor bem a vontade. Fora que não podemos perder a Alice tendo vida de "pobre" pegando ônibus- para quem só andava em carrão- ser tratada como qualquer coisa e sem contar no MAX. Com certeza você irá devorar e ficar angustiada quando ver que ele está acabando.

 Agora que tal uns Quotes?!

“- Obrigada. Tenho medo de perder, por exemplo. Estou cansada de perder as pessoas que amo – respondi sinceramente, sem saber por que fiz aquilo. Algo no rosto dele me instigava abrir a boca e despejar a primeira coisa que surgisse em minha cabeça.” 

“- Sabe Max, você e eu não somos tão diferentes. Você usa essa fachada fria para manter as pessoas distantes. Eu uso o sarcasmo para afastar as pessoas.” 

“Por um instante, vislumbrei Max na cama, o corpo nu forte e suado colado ao meu, os cabelos desgrenhados, a pela levemente corada pelo esforço físico, a mão grande brincando com meus cabelos, meu rosto, os lábios se abrindo num sorriso sensual antes de descer para cobrir minha boca mais uma vez...”  AIIIII DIOOOS.

“Naquele instante, olhando para o rosto delicado de Mari, me arrependi de todos os pensamentos que tive a respeito de estar sozinha. Mari estava ali. Sempre esteve. Sempre estaria. Amigas ficam ao seu lado nos momentos bons, mas apenas as melhores seguram sua mão nos momentos ruins.” 

“- Obrigada. Tenho medo de perder, por exemplo. Estou cansada de perder as pessoas que amo – respondi sinceramente, sem saber por que fiz aquilo. Algo no rosto dele me instigava abrir a boca e despejar a primeira coisa que surgisse em minha cabeça.”

“Havia muitas coisas que eu queria dizer a ele naquele momento. A maior parte eram insultos em diversas línguas, mas não fui capaz. Parte de mim sabia que ele estava certo.” 

- Me apaixonei por meu marido! – gemi.”  

“[…] Eu caçaria, destroçaria e mastigaria os ossos de quem se atravesse a magoar a minha amiga. Tá me acompanhando?” 

 E antes que perguntem, este livro não tem vinculo algum com o filme do mesmo nome. AAAA e será que eu indico- o? Sim ou com certeza.  E você, o que faria se estivesse no lugar da Alicia?

Moda e Beleza

Penteados para festas de final de Ano (passo-a-passo)

12:03

Dois de Dezembro, férias estou lhe  vendo (como é bom).  Final de Ano só lembra três coisas: Férias, Festas e Comida/Presente (Natalll).  E pensando nas festas, por mais simples que seja, iremos nos arrumar para este dia. E penteado é algo que sempre nos preocupamos. Diva para se sentir Diva, tem que está com o cabelo radiante. 
Como penteado é algo caro para mandar fazer, que tal você mesmo começar a treinar o seu penteado para as noites de festas? E foi pensando nesta questão de "Faça você mesma", que trago para você fotosde penteados lindos e estilosos em passo-a-passo, para que pessoas como eu, a qual não têm técnica alguma, consiga fazer e deixar o cabelo radiante. 

Sempre vi a foto final deste penteado e ficava pensando que era algo extremamente difícil de fazer, até que encontrei passo-a-passo, simplesmente irei fazer no meu cabelo *.*


Pense num penteado simples, fácil e tão fofinho.


Este eu acho tãooo CHICK e não é  combina com várias ocasiões


Laços, este não é um penteado que pegaria muito para fazer em mim, mas quem sabe numa ocasião especifica. Claro que muitas garotas combinam e adora.


Penteado "bagunçado" e Chick,  Esta é uma outra opção que com certeza irei fazer. 


Este é um penteado clássico,  a qual muitas mulheres desejam fazer  pelo menos uma vez na vida. Eu ainda não fis em mim, mas  que ainda irei usá-lo muitas vezes.DICA: Ao invés de usar esta esponja, pode substitui-la por meia. Só cortar a parte fechada da meia e usar do mesmo modo que a esponja.


Gostaram das Dicas? Têm mais algum penteado Bafonico que você adora? Deixe nos comentários.

Moda e Beleza

Sabonete para pele oleosa ( e acne)

14:04

Quem nunca teve aquelas benditas acnes e/ou cravos, que atire a primeira pedra.
Cada dia aparece mil e uma marca de produtos para pele oleosa, mas nem sempre estes produtos trazem um resultado tão bom ou pelo menos o mínimo que promete. Eu mesma sou adepta de sair comprando e testando vários,  se não serve deixo de lado e logo vou gastar meu dinheirinho em outro "milagroso" produto.E não basta  está prometendo efeito de pele de pêssego, têm que ser caroo (uns até demais). 

O sabonete é o primeiro cuidado da pele  e por isto temos que encontrar um perfeito para nosso tipo de pele, pois assim trás um resultado satisfatório e previne outros probleminhas. Como acho super importante, virei aquela maniaca de sair comprando várias marcas para encontrar a perfeição em forma de produto, até que um dia fui na dermatologista e ela indicou O sabonete e depois procurando mais um pouco encontrei um sabonete muito bom e mais em conta que o da Dermatologista. Agora vocês devem está se perguntando "Quais são estes Kelvia?". 

Logo digo e apresento o  sabonete Dermotivin líquido para a pele oleosa. Tão perfeito e com auto rendimento. Ele deixa minha pele super sequinha, com aquela  sensação de frescor e sem oleosidade alguma. A dermatologista me receitou usar  2 vezes ao dia ( de manhã e a noite). Ele é na faixa de uns R$70,00 reais  (300ml).



Resultado depois de usá-lo. Foto sem make  (só batom e mascara) e sem filtro, com luz natural.



O outro sabonete que eu experimentei e é mais  baratinho que o Dermotivin é o sabonete Solution para pele oleosa da AVON. Ele não chega a ter a perfeição do  primeiro sabonete, mas logo digo que traz resultados satisfatórios, já que conseguiu regular minha pele mista, no momento que os hormônios estavam em base de adaptação (anticoncepcional novo). Também o uso duas vezes ao dia, rende bastante, promete limpar e tonificar. O preço que paguei foi 15,90 reais (150g)


Totalmente sem make e sem efeito, a luz de lampada fluorescente.


Estas foram duas dicas de sabonetes que trago para a pele. Um mais caro e outro para todos os bolsos. E claro, que funcionem (pelo menos na minha pele), pois poderia trazer várias outras marcas que usei e achei ruins :P

E você, qual sabonete usa? Já usou algum desses?

Curiosidade

Dicas para Blogueiro por Jessica Dantas

10:56

Se perceberem estou reformulando o  blog "Só 1 Minuto" aos poucos. No começo fiquei um pouco perdida do que fazer e como fazer para deixá-lo a minha cara e agradável para os leitores. Além de reformular tenho que voltar a ativa com leitores antigos e novos,  além de quem sabe conseguir futuras parcerias.



Fiquei perdida como fazer tudo isto, ainda mais na parte de conseguir novos leitores, onde divulgar e domínio para o Blog.  Porém como não sou de ficar quieta, comecei a procurar tutoriais e mais tutoriais... alguns eu nem gostava, outros achava chato..  até que olhando um dos meus blogs favoritos, que eu vejo no menu  a "Dicas para blogueiro" no Blog Fala, Dantas. E como achei completinho e não podia ficar com esta dica só pra mim, resolvi trazer para vocês (principalmente para os novos blogueiros).

Como ela têm várias dicas imperdíveis, deixarei as que mais gosto e  que estou aplicando aos poucos. E uma dela que achei super importante é criar a identidade do BLOG (cadê o cabeçalho Kelvia? "Está a caminho ehhehe" ). Outra muito interessante é para quem quer fazer parceria  mas não sabe nem por onde começar e muito menos quanto cobrar.

Como é bom seguir uma linearidade vou logo passando em uma sequência que estabeleço para mim.
E  claro que ela tem vlog e por isto trouxe alguns vídeos que acabou tirando algumas dúvidas que rondava na minha cabeça.


1. Parcerias, mídia kit, mais leitores...


2.MIDIA KIT: O que é, como fazer e o que colocar.


3. Como tirar boas fotos para o blog


4.Caderno de organização para o blog


Pronto, acabei o "Manual de Blog da Dantas" para ajudar (assim esperoo). E não esqueça, com esforço e dedicação você consegue o exito. Não desista jamais. hehehe
E você tem alguma dica, segredinho para o teu blog crescer? Comente
Bjus

Curiosidade

Morando em República

22:32

Ano de vestibular, estudando, estudando e estudando. Só pensa em passar no ENEM ou no tão sonhado vestibular daquela faculdade em que sonhou por meses. Passou e é em outra cidade, mas detalhe: você não têm amigos, parentes e muito menos aquela tia boazinha para  o acolher. O que fazer? 

E é ai que surge na cabeça a ideia de morar num Apê (Ebaaa, meu cantinho e só meu), mas ao ver os preços para pagar o aluguel+ contas de despesa do mês, ver que a realidade é totalmente diferente do que imaginava. E é neste momento que você irá procurar as famosas República/pensões. 
Para que você não fique perdido e  possa tirar algumas dúvidas de moradia, venho trazer para você a minha experiência de 2 anos  em 4 repúblicas diferentes.
Optei por morar em república por alguns motivos particulares (além do preço), conheci pessoas especiais e outras nem tanto e pretendo continuar morando nos próximos 2 anos de faculdade.Digo que é uma ótima experiência e por isto trago algumas curiosidades, dúvidas e mitos. 


Custo X Benefício

No primeiro momento que passei na faculdade dei gritinhos  de alegria pensando que iria morar na minha casinha, mas a realidade foi beeem diferente. No momento que eu comecei  a pesquisar preços de casas na Região  escolhida  em São Paulo, percebi que sairia muito caro manter, já que os preços da locação de um imóvel na região que atualmente resido não fica por menos de 2 mil reais mensais, fora aquelas famosas continhas de água, luz e internet.  O jeito foi correr para as famosas repúblicas, que se encontra em grande quantidade na capital de São Paulo. 
Primeiro momento aluguei um quarto individual que atualmente está na faixa de setecentos reais ( Este preço vária de acordo com a região escolhida), incluso as despesas básicas, porém alimentação é por fora. Não é um quarto enorme, lindo e nem tantooo ventilado (poucos quartos de república terá aquele jeitinho de casa) mas o suficiente para dormir  e passar algumas horas nele hehehe.
Levando em conta o preço, posso dizer que compensa mais do que pagar uma quantia alta em apê/casa para quem está apenas começando a estudar e mudando de cidade.

Convivência 


Passei por quatro repúblicas em apenas 2 anos. A primeira foi fase de teste de uma semana, gostei das meninas porém não tive uma certa vontade de permanecer lá. Na segunda república foi puro amor, ainda ficava em quarto individual, vivia na cozinha papeando, jogando poker, escutando música... foi nesta república que conheci pessoas que levo pro resto da vida. Na Terceira república  foi um pouco complicado, digamos que teve pessoas que incomodava, pois não respeitava o espaço público,  criando toda aquela situação desconfortável na casa (acreditem, uma maçã podre estraga toda a colheita), não aguentando mais, arrumei a mala e fui para a quarta república que é onde atualmente moro. Por enquanto não tive problemas (moro há uma ano aqui), teve pessoas indesejáveis, mas que acabou saindo.  
Não fique com medo de que não irá conseguir conviver com os outros  e logo encontra pelo menos uma pessoa com quem você se identifica. 

Quartos e área Comum


Existe duas opções de quarto: Individual ou coletivo. No individual você se tranca e adeus mundo ( máximo batem na tua porta ou você escuta som externo), no coletivo você terá que se acostumar com os horários das outras pessoas que divide ele com você, ou seja, luz acesa quando você estive dormindo de manhã ou a noite, porta abrindo e fechando várias vezes, uma coisa  ou outra caindo no chão, secador ligado quando estiver estudando...  o coletivo dependendo da república pode ter mais de 4 pessoas e no minimo  duas. Em questão de tamanho, o coletivo são quartos maiores e  mais arejados (pelo menos em todas repúblicas que conheci) e  os coletivos costumam ser pequenos e muitas vezes sem janelas grandes.
Já a cozinha, banheiro, sala de estar são áreas comuns para todos da casa,  podendo usá-la desde que respeite a presença de quem está ali. Na cozinha costuma cada um ter um armário e um local especifico na geladeira,  assim não misturando os produtos. Todos têm direitos de cozinhar  e usar máquina de lava.
Decoração e móveis tanto do quarto como  da área comum são bem simples,  com o necessário e nada mais. O quarto você ainda pode personalizar do seu jeito, mas a área comum tem que entrar em acordo com as outras moradoras.

Regras

Como organizar tanta gente? Simples, regras  e mais regras (estas que muitas vezes não  são respeitadas). Para uma boa convivência com pessoas de costumes e locais diferentes, se impõe regras para tentar amenizar atritos e que não fira  o direito do próximo.  Nas repúblicas  há regras como: não fazer barulho depois das 22;00 horas, falar baixo para não incomodar o próximo, som alto não pode, usando o local é para deixar limpo como antes -neste caso banheiro e cozinha, respeitar o próximo, não levar homem para dentro da casa (moro em república feminina), pagar em dia-caso contrário paga juros -e entre outras regras  que pode variar de acordo com república. Já vi numa república  regras no estilo: se demorar no banho pagava multa, lavar roupa mais de uma vez na semana pagava multa, depois de um horário só usar um banheiro especifico... ( nesta eu me sentiria presa, pois o quadro de regras era enormeeee).

Limpeza 


Costuma sempre ter uma pessoa para limpar a área comum  pelo menos uma vez por semana, depois é só manter (ou pelo menos tentar). Raramente terá divisão de tarefas para as moradores, a não ser quarto coletivo, na qual as pessoas que dividem tem a responsabilidade de limpá-lo.

Mitos

Fui iludida com aquela república da Malhação, nada de decoração lindas e descoladas. As repúblicas em sua maioria não parece tão aconchegante e muito menos com decoração convidativa.
Festas? Que festa? O que mais me perguntam é se têm festa direto em república, logo digo, pura mentiraaa. Se não estou enganada, teve duas comemorações de aniversário entre as moradoras, e só. Festa a la American Pie é pura mentira.
Você percebe que por mais que o tempo passe, ali nunca será seu cantinho. É bom morar, mas não é amor morar ali. E sim, têm muitas pessoas que sonham morar em república achando ser mil perfeições,  mas ali nunca será O seu canto.

Minha opinião

Escolhi morar em república, para alguns pensões, e não me arrependo pela escolha, pois já tive oportunidade de sair e ir dividi apartamento, mas para ser honesta traz muito mais dor de cabeça (a não ser quando você conhece bem a pessoa que irá alugar com você). Neste dois anos aprendi muita coisa que irei levar pra vida .
Teve perrengues, mas também muita diversão. Pessoas chatas e outras simplesmente pra vida. Poupei uma grana com locação. Não tive tanta liberdade e tive atritos com horários, mas isto fez eu ser mais paciente e ter mais garra para momentos mais chatinhos e pentelhos.
Resumindo: Indico para todos que conheço. Morar numa pensão não é horrível, basta procurar uma que você se sinta  o mais confortável possível.A república é um ótimo local para aprendizado,  fortaleceu-me para a vida.


Como este post ficou grande (e olha que resumi o máximo possível), mas para quem tiver mais dúvida ou sugestão de postagem especifica para este tema é só comentar ^^

Curiosidade

Morando em República

22:32

Ano de vestibular, estudando, estudando e estudando. Só pensa em passar no ENEM ou no tão sonhado vestibular daquela faculdade em que sonhou por meses. Passou e é em outra cidade, mas detalhe: você não têm amigos, parentes e muito menos aquela tia boazinha para  o acolher. O que fazer? 

E é ai que surge na cabeça a ideia de morar num Apê (Ebaaa, meu cantinho e só meu), mas ao ver os preços para pagar o aluguel+ contas de despesa do mês, ver que a realidade é totalmente diferente do que imaginava. E é neste momento que você irá procurar as famosas República/pensões. 
Para que você não fique perdido e  possa tirar algumas dúvidas de moradia, venho trazer para você a minha experiência de 2 anos  em 4 repúblicas diferentes.
Optei por morar em república por alguns motivos particulares (além do preço), conheci pessoas especiais e outras nem tanto e pretendo continuar morando nos próximos 2 anos de faculdade.Digo que é uma ótima experiência e por isto trago algumas curiosidades, dúvidas e mitos. 


Custo X Benefício

No primeiro momento que passei na faculdade dei gritinhos  de alegria pensando que iria morar na minha casinha, mas a realidade foi beeem diferente. No momento que eu comecei  a pesquisar preços de casas na Região  escolhida  em São Paulo, percebi que sairia muito caro manter, já que os preços da locação de um imóvel na região que atualmente resido não fica por menos de 2 mil reais mensais, fora aquelas famosas continhas de água, luz e internet.  O jeito foi correr para as famosas repúblicas, que se encontra em grande quantidade na capital de São Paulo. 
Primeiro momento aluguei um quarto individual que atualmente está na faixa de setecentos reais ( Este preço vária de acordo com a região escolhida), incluso as despesas básicas, porém alimentação é por fora. Não é um quarto enorme, lindo e nem tantooo ventilado (poucos quartos de república terá aquele jeitinho de casa) mas o suficiente para dormir  e passar algumas horas nele hehehe.
Levando em conta o preço, posso dizer que compensa mais do que pagar uma quantia alta em apê/casa para quem está apenas começando a estudar e mudando de cidade.

Convivência 


Passei por quatro repúblicas em apenas 2 anos. A primeira foi fase de teste de uma semana, gostei das meninas porém não tive uma certa vontade de permanecer lá. Na segunda república foi puro amor, ainda ficava em quarto individual, vivia na cozinha papeando, jogando poker, escutando música... foi nesta república que conheci pessoas que levo pro resto da vida. Na Terceira república  foi um pouco complicado, digamos que teve pessoas que incomodava, pois não respeitava o espaço público,  criando toda aquela situação desconfortável na casa (acreditem, uma maçã podre estraga toda a colheita), não aguentando mais, arrumei a mala e fui para a quarta república que é onde atualmente moro. Por enquanto não tive problemas (moro há uma ano aqui), teve pessoas indesejáveis, mas que acabou saindo.  
Não fique com medo de que não irá conseguir conviver com os outros  e logo encontra pelo menos uma pessoa com quem você se identifica. 

Quartos e área Comum


Existe duas opções de quarto: Individual ou coletivo. No individual você se tranca e adeus mundo ( máximo batem na tua porta ou você escuta som externo), no coletivo você terá que se acostumar com os horários das outras pessoas que divide ele com você, ou seja, luz acesa quando você estive dormindo de manhã ou a noite, porta abrindo e fechando várias vezes, uma coisa  ou outra caindo no chão, secador ligado quando estiver estudando...  o coletivo dependendo da república pode ter mais de 4 pessoas e no minimo  duas. Em questão de tamanho, o coletivo são quartos maiores e  mais arejados (pelo menos em todas repúblicas que conheci) e  os coletivos costumam ser pequenos e muitas vezes sem janelas grandes.
Já a cozinha, banheiro, sala de estar são áreas comuns para todos da casa,  podendo usá-la desde que respeite a presença de quem está ali. Na cozinha costuma cada um ter um armário e um local especifico na geladeira,  assim não misturando os produtos. Todos têm direitos de cozinhar  e usar máquina de lava.
Decoração e móveis tanto do quarto como  da área comum são bem simples,  com o necessário e nada mais. O quarto você ainda pode personalizar do seu jeito, mas a área comum tem que entrar em acordo com as outras moradoras.

Regras

Como organizar tanta gente? Simples, regras  e mais regras (estas que muitas vezes não  são respeitadas). Para uma boa convivência com pessoas de costumes e locais diferentes, se impõe regras para tentar amenizar atritos e que não fira  o direito do próximo.  Nas repúblicas  há regras como: não fazer barulho depois das 22;00 horas, falar baixo para não incomodar o próximo, som alto não pode, usando o local é para deixar limpo como antes -neste caso banheiro e cozinha, respeitar o próximo, não levar homem para dentro da casa (moro em república feminina), pagar em dia-caso contrário paga juros -e entre outras regras  que pode variar de acordo com república. Já vi numa república  regras no estilo: se demorar no banho pagava multa, lavar roupa mais de uma vez na semana pagava multa, depois de um horário só usar um banheiro especifico... ( nesta eu me sentiria presa, pois o quadro de regras era enormeeee).

Limpeza 


Costuma sempre ter uma pessoa para limpar a área comum  pelo menos uma vez por semana, depois é só manter (ou pelo menos tentar). Raramente terá divisão de tarefas para as moradores, a não ser quarto coletivo, na qual as pessoas que dividem tem a responsabilidade de limpá-lo.

Mitos

Fui iludida com aquela república da Malhação, nada de decoração lindas e descoladas. As repúblicas em sua maioria não parece tão aconchegante e muito menos com decoração convidativa.
Festas? Que festa? O que mais me perguntam é se têm festa direto em república, logo digo, pura mentiraaa. Se não estou enganada, teve duas comemorações de aniversário entre as moradoras, e só. Festa a la American Pie é pura mentira.
Você percebe que por mais que o tempo passe, ali nunca será seu cantinho. É bom morar, mas não é amor morar ali. E sim, têm muitas pessoas que sonham morar em república achando ser mil perfeições,  mas ali nunca será O seu canto.

Minha opinião

Escolhi morar em república, para alguns pensões, e não me arrependo pela escolha, pois já tive oportunidade de sair e ir dividi apartamento, mas para ser honesta traz muito mais dor de cabeça (a não ser quando você conhece bem a pessoa que irá alugar com você). Neste dois anos aprendi muita coisa que irei levar pra vida .
Teve perrengues, mas também muita diversão. Pessoas chatas e outras simplesmente pra vida. Poupei uma grana com locação. Não tive tanta liberdade e tive atritos com horários, mas isto fez eu ser mais paciente e ter mais garra para momentos mais chatinhos e pentelhos.
Resumindo: Indico para todos que conheço. Morar numa pensão não é horrível, basta procurar uma que você se sinta  o mais confortável possível.A república é um ótimo local para aprendizado,  fortaleceu-me para a vida.


Como este post ficou grande (e olha que resumi o máximo possível), mas para quem tiver mais dúvida ou sugestão de postagem especifica para este tema é só comentar ^^

Moda e Beleza

Mexa seu corpo- Passos básicos para a prática de exercícios.

15:00

Oiiees Boys e girls de plantão. Estamos na metade de novembro, verão batendo em nossa porta e quase entrando. Muitos ainda querem  o corpo  malhado e sarado para as roupas de praia, ou não, e nem ao menos começou a fazer um exercício físico. 
Agora lhe pergunto:O máximo de peso que levanta é o da colher até a boca? A maior caminhada é da cama para o computador?
Se você respondeu sim para alguma das perguntas, acho legal pensar em quando irá começar a fazer algum exercício físico. E não estou falando isto para ter o corpo  "perfeito"- a qual muitas vezes a  mídia  impõe- e sim para ajudar na saúde. Antes de mais nada, o exercício físico ajuda o corpo a trabalhar melhor, evitando vários probleminhas chatos de mal estar.

Muitas pessoas pensam em entrar na acadêmia logo de cara, mas as vezes só de imaginar a rotina assusta. Então que tal começar com uma caminhada de pequeno espaço e logo ir aumentando a rota?
Maaaas para quem quer exercícios mais localizados para começar a fazer em casa, trago uma dica que achei no youtube  e simplesmente amei. 
A Pricila Guedes que é formada em Educação Física na USP tem um canal no youtube com seu nome e o blog Tips Pri, a qual ela ensina vários exercícios físicos para pessoas iniciantes, passo a passo. Explicando para que serve, quantas séries, repetições e como aumentar gradativamente.


Como ela têm vários vídeos, resolvi separar  por região do corpo (Barriga, perna e braços), deste modo podendo trabalhar o corpo inteiro. "Mas qual a importância de ver estes vídeo Kelvia?". Logo digo que ao ver os vídeos você terá uma orientação de como fazer e não cometer alguns erros básicos. Erros este que eu cometi quando inventei de fazer um dos tipos de abdominais, mas sem ao menos pesquisar quantas séries, repetições e pausas por semana, resultado:Uma enorme dor  lombar, a qual mal conseguia se abaixar.(não cometam o mesmo erro que eu.#Pleaseeee.
Apesar das orientações da Pri, seria legal se você pudesse ser acompanhada por um profissional da área, auxiliando a forma correta de faze-lo.

Como combinado os três vídeo que mais gostei e comecei a pratica-los:

Barriga/Abdômen

Perna/Coxa e glúten


Braço/Bíceps  


Espero que aproveitem estas dicas de exercícios e este incentivo para começarem a praticar e dar um Up na  saúde e auto estima.
Beijinhos 



Livro

Não se apega, Não

10:59

Aeeee, mais um livro finalizado e um sentimento de solidão que fica (quero mais Isabela ).  Só digo que este livro é muito bom, grudento e fez eu bater meu recorde. Tão viciante que li em menos de 7 horas, em um belo sábado chuvoso. Detalhe: este livro é da Isabela Freitas, blogueira. 


Não se apega, Não conta a história de Isabela uma garota que acaba decidindo dar um ponto final em  seu namoro de 2 anos, um namoro desgastante e que não tinha mais sentido. Digamos que uma acomodação para quem não quer ficar sozinho.
Depois dessa decisão fará de tudo para poder ficar solteira por um tempo, já que desde seus 12 anos foram namoro atrás de namoro, para conseguir encontrar o seu amor próprio. Não se apegando  à pessoas que não trás nada positivo para a sua vida e finalmente acreditar que Príncipe encantado só existe nos livros. Claro que sem deixar seu lado romântico.
Parece fácil, mas ela enfrentará muitas tentações, como bonitões na balada, primo gato... 

Como eu torci pela Isa neste livro, tão tão fofa e ao mesmo tempo louquinha. Isa é aquela amiga que você precisa para bater papo, ir para festa e até dá uma de louca quando saírem. E ela com seu amigo Pedro é um amor, Pedro é aquele amigo que fala na cara sem dó e rodeios (o sincero).

E como este livro é tão apaixonante a ponto de você reler, reler e reler algumas frases para pensar e viajar na maionese. Porque Não se apega, Não  não só incentiva desapego à pessoas e sim objetos, sentimentos.. coisas que te faz mal. Tão Wonts" que trouxe alguns quotes que adorei:

"Aquele que consegue colocar o desapego em prática atinge um estado de paz interior e tem a consciência limpa de que deixou o passado onde ele deveria estar: no passado."

"Coração feito de vidro. Ora quebra, ora corta"

"Ter a urgência de ser feliz te impede de ser realmente feliz. Deixe que a vida aconteça, porque ela acontece quando estamos distraídos demais para planejá-la..."

"Uma hora você vai se dar conta de que não precisa de ninguém que não queira estar ao seu lado"

"Aqui não tem nenhuma princesa, não. Pode deixar que o dragão derroto eu e me solto das correntes sozinha.

"O amor é uma fila de espera infinita em uma sala  de estar fria e escura"

"Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm  relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase " Você deve encontrar a  metade da sua laranja". Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos."

"Desistir do outro não é fracassar.É ter a consciência de que algumas pessoas simplesmente ão valem o seu esforço. Se não há reciprocidade não é amor. É insistência"


São tantos... só que os outros deixarei pra vocês lerem no livro. Depois de ler, conte-me o que achou. Combinado?

Bjs e ótima leitura
  

Moda e Beleza

Beauty Fair- A feira de beleza mais aguardada

15:28

Choraaa Paixãooooooooo.

 Você que é antenado em Beleza  já devemestá sabendo da maior feira de beleza  da América Latina, a Beauty Fair, onde encontramos as melhores marcas de produtos para o nosso corpo, da unha ao ultimo fio de cabelo, lindo.



Na feira podemos encontrar os melhores produtos profissionais para cuidado da  beleza diária,  além das novidades e tendências com profissionais  Top do mercado. A Beauty Fair tem como visitantes profissionais que vão para conhecer e fazer novos elos de amizade/ profissionalismo. 

Com  verdadeiros shows dos artistas da beleza ( mais do que profissionais, puro artista), apresentam  atrações, sempre informando e divertindo a plateia numerosa a qual se deliciam com o espetáculo. Na sua ultima edição, a Beauty Fair, em 2013, recebeu mais de 140 mil pessoas em apenas de 4 dias, estas que visitaram vários estandes selecionados pela confiança e qualidade  do produto.

Este ano teremos a presença da  Shinsei Cosméticos ( stand 667A; rua Q-28; Pavilhão: Azul de Estética), a qual estará lançando Higienizante profissional para podólogos, manicures, pedicures e esteticistas. A Shinsei é uma empresa responsável de unir a qualidade e tecnologia em um único produto para a beleza diária.


Para conhecer mais sobre a feira entre no SITE  e veja o vídeo da   Beauty Fair 2013.


Vou na feira, então esperem ansiosamente o melhor da Beauty Fair 2014.
Beijihos e me conte se já foi ou sonha em ir.



K.L

SexyBack

22:25


Uma, dua, três vezes se cruzam o olhar
este olhar antes era um ato da conquista
Hoje, o que é?

Onde está o olhar que provocava, instigava?
o ar de ansiedade que eu soltava, as borboletas que giravam 
e eu esperava se aproximar


Falava, ria e achava graça com o nada

mas este nada que encantava

era a magia do momento que agradava

o momento que envolvia e se tornava único

Hoje espero, reespero e nada encontro
tão vago, seco, sem graça e banal.
Não quero palavras secas e diretas
quero de volta a sensualidade.



Like us on Facebook

Flickr Images